Em prol da liberdade de expressão e acabar com os “cancelamentos”: Elon Musk compra o Twitter por US$ 44 bilhões

Dias atrás, Elon Musk fez sua oferta para fazer a aquisição do Twitter, tirá-lo do mercado de ações e torná-la uma empresa privada. Contudo, inicialmente parecia que a empresa iria recusar a oferta, porém pensaram com muita calma e anunciaram ontem a aceitação da oferta do multimilhionário.

De acordo com a imprensa, o Twitter tem um acordo definitivo para ser adquirido por uma entidade de propriedade integral de Elon Musk” por um valor total de aproximadamente US$ 44 bilhões. A conclusão do processo de compra pode levar alguns meses por conta de todo o escrutínio regulatório que ambas as partes devem enfrentar.

Ao que parece, a vontade do empresário em adquirir a rede social vem depois de alguns “cancelamentos” como foi o caso do ex presidente Trumph. Musk se mostrou contrário aos banimentos e quis tomar alguma atitude para tentar aperfeiçoar a liberdade de expressão.

“A liberdade de expressão é a base de uma democracia em funcionamento, e o Twitter é a praça da cidade digital onde são debatidos assuntos vitais para o futuro da humanidade”, disse Musk.

“Também quero tornar o Twitter melhor do que nunca, aprimorando o produto com novos recursos, tornando os algoritmos de código aberto para aumentar a confiança, derrotando os bots de spam e autenticando todos os humanos.

O Twitter tem um tremendo potencial – estou ansioso para trabalhar com a empresa e a comunidade de usuários para desbloqueá-lo”, continuou.

Musk está comprometendo cerca de US$ 21 bilhões de seu próprio patrimônio para financiar a compra e garantiu US$ 25,5 bilhões em dívida.

Via

Loading spinner

Sobre Uanderson Conceição

Chief executive officer (CEO) na empresa Meu-Smartphone. Youtuber, adora praticar Downhill Mountain Bike, entusiasta da natureza e acredita soberanamente em Deus.